22 de janeiro de 2014

Adoção de Crianças

Olá meninas !!!





Essa semana eu vou fazer uns post sobre adoção de CRIANÇAS, não tem ideia de como é a realidade delas.
Vou contar para vocês como tudo começou, o por que que eu fiquei tão interessada nesse assunto.
Tenho uma cliente que é enfermeira inclusive ela disse que eu poderia usar o o primeiro nome dela " FATIMA" , como eu disse ela é enfermeira  tem 50 anos e casa há 25 anos tem um casal de filhos, um rapaz de 20 anos, e uma moça de 18 anos.
Só uma coisinha ela me pediu para ser discreta, e não mostrar nenhuma foto dela da bebê que é a coisa mais fofa, pois ela quer manter a privacidade, e ñ quer que a mãe biológica saiba nada sobre a bebê.
Enfim meninas ela trabalha em uma maternidade publica quando chegou essa moça para ter essa bebê, essa moça já era casada com um homem, porém o bebê era de outro, o atual esposo disse a ela, você vai ter esse bebê, mais quando você sair desse hospital antes de voltar para casa você de um fim nele, você mais ele não, Dai ela chegou no hospital e disse que quando ela tivesse a criança, ela ficaria para quem quisesse, e contou a história por que ela não levaria sua filha.
A bebê nasceu a coisa mais linda gente.A Fatima passou em frente ao berçário e as meninas disseram tem uma bonequinha que acabou de vir ao mundo e a mãe não quer, ela por sua acostumada a lhe dar com a situação disse as amigas vamos lá ver essa riqueza, dai ela disse que foi AMOR  a primeira vista, ela pegou a bebê no colo e se aproximou dai ela ligou para esposo dela contou o ocorrido, e ele disse tem certeza, ela disse tenho, quando o esposo e os filhos viram não resistiram e adotaram na hora.
Então meninas essa história teve felizmente teve um final feliz mais nem todas são assim.
A minha intenção ao colocar estas postagens é de mostrar todos os problemas que envolvem as crianças abandonadas.
Tanto os problemas relacionados ao abandono, como também os traumas, as mentiras, os preconceitos. O que envolve os pais que abandonam, os pais que adotam e os filhos adotivos.
Quando se toma uma decisão de adotar é uma responsabilidade muito grande,pois se trata de um ser humano, e as marcas e recordações ficaram pra vida toda.
 

No Brasil, a lista de pessoas que querem adotar uma criança tem 29.454 nomes, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça. No Rio, são 2.161 pretendentes. Meninas brancas recém-nascidas e com saúde perfeita são as mais procuradas, uma exigência que eleva o tempo médio de espera para cinco anos.
— A realidade nos abrigos públicos é bem diferente desse perfil desejado pela maioria dos aspirantes a pai ou mãe. Meninos mestiços, com idade entre 8 e 10 anos, formam a maioria dos órfãos, e muitos deles integram grupos de irmãos, o que dificulta a adoção — afirma Daniela Vasconcellos, promotora da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso do Rio.
Para a Justiça, o ideal é que um órfão fique, no máximo, seis meses num abrigo. As crianças que não conseguem uma família no Rio podem ser adotadas em outros estados graças ao chamado Cadastro Único, que funciona no país desde 2009 e que possibilitou, por exemplo, o ingresso de um menino carioca de 12 anos numa família do interior do Rio Grande Sul.
— Como descobriríamos essa família se não fosse o Cadastro Único? — diz a juíza Mônica Labuto.
Após esgotadas todas as tentativas de adoção em território nacional, órfãos brasileiros são oferecidos a pretendentes do exterior — a Itália é o país que mais adota crianças nascidas aqui, seguida da França. No entanto, o número de menores que ganham pais estrangeiros vêm caindo, informa a secretária-executiva da Comissão Internacional de Adoção no Rio, Ludmilla de Azevedo:

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/criancas-espera-de-um-lar-8506851#ixzz2r6H24YZC
© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 


Gente isso é só um pedacinho de tudo que eu li.....

bjsssssss
                                                 Elcilene Menezes.....




20 comentários:

♥ Nanda ♥

é sim adotar é um ato de amor
mais é serio
parabéns para a Fátima
lindo dia
Nanda
beijokas
Sendo a mãe da Isa e da Gabi
Google+Nanda

Jamilly Maedolucas

Adotar é gerar fora do corpo, amor verdadeiro.

Lindo texto.

beijos

Leila Nassif

Eu acho lindo as pessoas que tem a atitude de adotar por amor, sem escolher, sexo, raça, idade.
E que essa mãe seja abençoada
Bjs
http://soumaedecinco.blogspot.com/

Shairane Mello

Acho lindo quando as pessoas resolvem adotar, mas acho que deveriam facilitar um pouco pq é muita burocracia.
bju
Estou Crescendo

Leteia Bispo

Amiga esse afeto das pessoas de adotar são lindos
Bjus
Leteia Bispo – Segredos da Luma

Tatty Nunes

adoção é o filho que vem do coração! é um ato lindo! Se tivesse condições adotaria!
Bjos
Tatty Nunes - Mãe de Primeira Viagem

Coisas da Lara

Eu acreditava não poder ter filhos, até engravidar..... Pensava em adotar. Bom post. Bjus Coisas da Lara

Roberta Aquino

Que lindo post amiga ... eu sou prova viva disto. SOU ADOTADA!

E tenho a maior vontade de adotar um irmaozinho pra Luma ... tenho que me organizar financeiramente pra ter estrutura pra isso .. adotar é lindo ..
Tenho uma amiga que adotou duas irmãs .. uma de um ano e outra de 6 ... lindo demais né?! não quis separar elas ... virei fã número um delas na hora ..

Beijos carinhosos ..

Roberta & Luma
http://princesaluma.blogspot.com.br/
http://motivosparaestareserfeliz.blogspot.com.br/

Michele Camargo

Linda história, e que bom pra ela deu tudo certo assim tão rápido, é um ato de amor muito bonito mas sou sincera em dizer que esse não é um desejo que eu tenha hoje no meu coração!!!

bjss
http://www.historiasdeumamaeapaixonada.com/

Michele Gobbato

Parabéns a Fátima pela atitude ..

bjs Mi Gobbato
http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

Carlah Ventura

nossa que relato
eu tenho uma irmã adotiva embora não tenhamos muita intimidade, gosto muito dela
ela foi adotada pelo meu pai e a ex esposa dele, comvivemos juntas durante uns 5 anos
depois cada uma foi para um canto, hoje nos vemos de vez em quando.
Carlah Ventura - Intensa Vida

Carol Alves

:) sou filha adotiva,mas sempre me senti como se tivesse nascido da barriga da minha mãe ou melhor do coração,quem sabe um dia adote tb,sempre quis,bjos

Leidiane Souza

Um verdadeiro ato de amor, acho lindo!
Bjus

http://alem-da-maternidade.blogspot.com.br/

Mãe em Apuros

Adotar é como ter um filho biológico, lindo, emocionante e mágico. Como diz na música da Galinha Pintadinha: "venha da semente ou da afeição".

http://umamamaeemapuros.blogspot.com.br/

Simeia Silva

Que lindo,tenho uma irmãozinha adotada,hoje ela tem 9 anos e foi dada para meus pais por minha prima,foi fácil a adoção porque eram parentes,mas na forma normal eles dificultam demais..bjs

Ludmyla Bento

Que história bonita. Adotar é uma questão de amor. Beijos

Toninha Borges

Linda história linda.
É um assunto de muita responsabilidade para quem quer adotar.
bju

Bruna Gabriela

Linda história! Que Deus as cubra de bênçãos!
Acho muito lindo o ato de adotar... sempre quis adotar uma criança, mas a burocracia as vezes impede que essas crianças tenham uma família!

Beijos
Diariodematernidade.blogspot.com

Vivi * Isaac

Que linda história, e com um lindo final feliz. Acho que adotar é uma ato lindo de amor,que tem que ser muito pensado, afinal lembranças e o carinho seram levadas para a vida inteira.
Só poderia ser mais fácil a adoção, muita burocracia. bjs
Vivi e Isaac

Taciane Dorneles Hermann

É por situações como esta que fico na dúvida sobre a legalização do aborto. Esta menina teve um final feliz, mas e se ela fosse parar no esgoto como tantas outras que não puderam ser salvas? Cada pessoa tem sua opinião e toma a atitude que achar melhor, eu no lugar da mãe ficaria com minha filha e se meu companheiro não concordasse ele que fosse embora.

Postar um comentário

Comenta! Eu adoro ler!